Cão arrisca vida para salvar ninhada de gatos de incêndio

segunda-feira, 27 de outubro de 2008


Um pequeno cão arraçado de Terrier chamado Leo arriscou a vida para proteger quatro gatos recém-nascidos durante um incêndio doméstico em Melbourne, na Austrália.
A família que residia na casa onde deflagrou o fogo conseguiu escapar a tempo, mas Leo e os gatos ficaram no interior da habitação em chamas.
Segundo os bombeiros, o cão recusou-se a abandonar a casa, tendo sido encontrado a guardar os gatos, que se encontravam dentro de uma caixa de cartão num dos quartos, noticiou a agência Reuters.
A bravura de Leo ia-lhe contudo custando a vida - desfaleceu devido ao fumo e ao calor -, mas os bombeiros conseguiram reanimá-lo com oxigénio e massagem cardíaca.
Os quatro gatos também tiveram de ser reanimados e, tal como Leo, encontram-se bem de saúde.

3 Patinhas:

ηatalie αfonseca disse...

Grrr...não posso ler estas coisas!!
Fico logo sensibilizada!
Se ao menos a maior parte dos humanos fossem assim...!

Um bem hajas! :)

Carmo Mendonça disse...

A maior parte dos humanos, fugiria das chamas!

Ana Tereza Merger disse...

Muito fofo esse artigo! Beijos pra você!